A Planta da Amizade

Uma recente descoberta de geologistas indicam que onde nasce uma espécie de planta parecida com uma palmeira é possível encontrar diamantes. Claro que esta é explicação simplista, mas é incomum que uma planta nasça e cresça num lugar inóspito para que as demais plantas cresçam.

Na Libéria, no topo de uma coluna de rocha chamada kimberlito, formada por rocha vulcânica que se estende por centenas de metros para o interior da terra, deixada por antigas erupções que enterraram diamantes no manto terrestre, crescem plantas chamadas de Pandanus Candelabrum. Estes arbustos crescem em lugares ricos em magnésio, potássio e fósforo que são encontrados nestas rochas. De maneira que, muitas vezes, onde estas plantas podem ser encontradas há uma possibilidade de que o mineradores possam encontrar diamantes.Formados no manto da terra sob grandes pressões, os diamantes resistem a tudo por sua grande resistência e durabilidade. Os homens tornaram estes cristais feitos de carbono, num símbolo de amor eterno com o qual presenteiam a mulher que prometeram amar por toda a sua vida.Lendo sobre estas plantas especiais, fiquei me perguntando se existem circunstâncias especiais em que possam nascer as grandes manifestações de vida que o Criador nos oferece para alegrar nossa existência. Será que existem circunstâncias de grande pressão que possam gerar realidades eternas de enriquecimento para nossa alma? Ou será que o sofrimento a que estamos expostos diariamente somente criará espinhos em nossa alma, espinhos que não somos capazes de retirar do profundo de nosso ser?Onde há presença de rochas vulcânicas geralmente não encontramos plantas ou abundância de vida orgânica. Somente a presença de transformações poderosas sobre erupções vulcânicas podem fornecer condições para que a vida se propague. Entretanto, como uma espécie de palmeira pode encontrar na realidade do kimberlito, as condições ideais para o seu crescimento?Foi ai que me deparei com o texto que fala sobre um amor entre amigos que pode enfrentar a adversidade e ultrapassar o tempo. Um amor que vê na aflição, as circunstâncias ideias para o seu desenvolvimento. Pela expressão do texto bíblico escrito por Salomão é assim que Deus trabalha com os grandes amores entre os homens.Em tempos de relacionamentos superficiais, crescemos desconfiados sobre o que as pessoas estão esperando de nós. O que elas desejam com sua aproximação da nossa rotina? Elas estão se aproximando porque se interessaram por quem somos, estão se aproximando como crianças se aproximam umas das outras, ou elas tem algum interesse pessoal que as move para esta aproximação? Sempre acreditamos na segunda opção e muitas vezes afirmamos - as pessoas são sempre interesseiras!A aflição é o terreno ideal para que realidades eternas sejam construídas. Quando o amigo está muito aflito, em busca de esperança, geralmente surgem somente comentários sobre como a vida é dura para com todos. Como o infortúnio bate na nossa casa quando menos esperamos. Estas palavras genéricas e inexpressivas não podem ajudar o amigo que precisa de sua lealdade nestes momentos de angústia, momentos em que as coisas para ele estão estreitas - que é o próprio significado de angústia. Nestes dias escuros, ele está buscando pelos abraços de sóis que possam lhe dizer que Deus continua sendo bom. Precisam ouvir que o Sol ainda vai cobrir toda a terra. Nestes dias sombrios é necessário que amigos se tornem fiéis, mesmo que isto não signifique que eles estarão em todo lugar conosco. Porque isto é uma prerrogativa divina. Eles estarão conosco de diversas formas, assim como a luz se apresenta a nós, revelando a realidade das flores e dos contornos da vida. Orações serão expressões de amor. Bilhetes rápidos. Ligações. Sorrisos. Abraços e acima de todas as coisas - a troca de Palavras eternas que provém de Deus, através das Escrituras. Toda esta ambiência de dificuldade poderá se tornar o terreno para que o amor atinja a eternidade, e a amizade gere uma Esperança que nunca terá fim.Ainda que esta esperança se manifeste em forma de rostos humanos falhos e pecadores, não tenha dúvida que ela esconde uma preciosidade invisível a olhos nus. Estes relacionamentos são muito mais preciosos que qualquer diamante. Não apague o sol. Não acredite que a aflição é o fim. Neste momento incerto pode surgir um amor em forma de amizade que não terá fim - você consegue se abrir para esta esperança, meu amigo?"O amigo é sempre leal, e um irmão nasce na hora da dificuldade."Provérbios 17:17
Eli Moreira

“Porque os que falam desse modo manifestam estar procurando uma pátria. E, se, na verdade, se lembrassem daquela de onde saíram, teriam oportunidade de voltar. Mas, agora, aspiram a uma pátria superior, isto é, celestial. Por isso, Deus não se envergonha deles, de ser chamado o seu Deus, porquanto lhes preparou uma cidade.” Hebreus 11.14-16

Eli Moreira

Voltar para a home